Doenças – Displasia Coxofemoral
» » Doenças – Displasia Coxofemoral

Doenças – Displasia Coxofemoral

postado em: Doenças | 0

A displasia coxofemoral é uma síndrome caracterizada pelo desenvolvimento anormal da articulação e é localizada no encaixe do fêmur.

A patologia possui caráter hereditário, com forte influência genética, manifestando-se em cães de raças grandes e gigantes. Entre elas, as raças mais afetadas incluem o Pastor Alemão, Rottweilers, Labrador Retriever, Mastiff, São Bernardo e Golden Retriever. Entretanto, há muitos relatos em cães de raças de pequeno e médio porte também afetados pela  doença.

As causas que geram o problema são diversas. Uma delas pode acontecer a partir de fatores internos, como alimentação excessiva, rápido ganho de peso, castração precoce e suplementação de cálcio. Animais predispostos por genética e influências ambientais também se incluem. Nos gatos, também é uma doença comum. Mas é mais difícil diagnosticar pelo fato do gato demonstrar dor de forma mais discreta que os cães.

Os filhotes não apresentam sintomas de displasia coxofemoral. No entanto, quando isto acontece, os sinais são fortes. Com menos de um ano de idade, eles diminuem suas atividades drasticamente, têm dificuldade de locomoção e podem ter o desenvolvimento físico prejudicado. Já nos adultos e idosos, os indícios são pelo tempo: dificuldade no andar e atrofia muscular.

Tratamento

As formas de tratamento variam entre clínico e cirúrgico. O diagnóstico depende do grau de intensidade da doença prescrita por um médico. O veterinário pode optar pela cirurgia com quadros de idade e outras doenças, que são mais delicados. O processo varia entre ostectomia, osteotomia, sinfisiodese púbica e substituição total do quadril.

O método clínico apresenta um excelente resultado tanto sem cirurgia, como no pós-operatório. São aplicados analgésicos e antinflamatórios com sequências de exercícios moderados, como a hidroterapia (para saber mais sobre esse tratamento, clique aqui), mudanças na dieta e acupuntura.

Confira o vídeo produzido em uma de nossas clínicas sobre a displasia coxofemoral e entenda um pouco mais sobre o nosso trabalho: