Tratamentos – Fototerapia
» » Tratamentos – Fototerapia

Tratamentos – Fototerapia

A Fototerapia é um tratamento composto por luzes de Led que convertem a energia em ondas eletromagnéticas. São emitidas luzes cujo comprimento da onda é medido e pode variar entre a luz visível e o infravermelho. Essa energia é absorvida pelos tecidos e, por meio de fótons, geram uma mudança ionizada pelas células.

Lua – Paciente MAP Ribeirão Preto
Tody – Paciente MAP Ribeirão Preto

Diferentemente do laser, não possui feixes paralelos de luz e nem espectro eletromagnético, que é um intervalo de todas possíveis frequências da radiação eletromagnética. Sendo assim, ocorre uma distribuição não homogênea dos feixes lumínicos nos tecidos.

Os efeitos da fototerapia são classificados de curto a longo prazo. A curto prazo, são aplicados beta-endorfinas e cortisol para ajudar a superar o estresse associado com a doença no organismo. A longo prazo, a fototerapia é utilizada como uma ferramenta de estímulo para a recuperação dos tecidos. Além disso, tem resultados positivos no processo inflamatório, na proliferação celular, síntese de colágeno e revitalizações de queimaduras.

Os primeiros registros da luz sendo usada como um tratamento estão no livro A Arte da Guerra de Sun Tzu. Na Grécia Antiga, os banhos de sol terapêuticos foram muito utilizados como curativos. A Fototerapia caiu no esquecimento e retornou no século 19, quando os estudos sobre fotomedicina começaram.

As patologias que podem ser tratadas com esse método podem ser as neurológicas, provocando o aumento da sensibilidade de animais com paralisias. Nas ortopédicas, estimulam o relaxamento muscular e inflamações, diminuindo a dor. Diminuem, também, as dores e melhora o fluxo sanguíneo nas doenças musculares. Assim, resultam em efeitos positivos para o conforto dos pacientes.

Nos felinos, os efeitos são os mesmos, já que o método segue igual para ambas as espécies. Embora as patologias dos gatos sejam distintas dos cachorros, a fototerapia é indicada, pois o mais importante é o estímulo que o tratamento oferece ao animal.